O Projeto

imagem1

imagem2

Tornam-se objetivos fundamentais da UMIG: a redução da taxa de mortalidade materno-infantil e a formação contínua e sustentada de recursos humanos para a prestação de cuidados de saúde de qualidade, permitindo a evolução favorável dos determinantes sociais e económicos de saúde. É esta realidade que justifica a relevância da UMIG para a população do Gungo e, consequentemente, do Sumbe, de Angola e do mundo.

A UMIG pretende contribuir para minimizar os principais problemas que interferem na saúde da mulher e da criança até aos 5 anos. Propõe-se uma intervenção integrada de apoio à comuna do Gungo, através da criação de uma unidade de saúde materno-infantil que permita a prestação de cuidados de saúde de proximidade, contribuindo para a promoção do parto assistido e melhores cuidados neonatais, proporcionando à mulher o acompanhamento médico necessário durante o período pré e pós parto.

Assim, os três eixos principais:

Eixo 1. Capacitação dos Recursos Humanos – A formação
Eixo 2. Infraestruturas e equipamentos – A construção
Eixo 3. Reforço da saúde comunitária – A ação

A UMIG contribuirá para a redução dos riscos de saúde da criança através da promoção da vigilância da saúde infantil, prevenção, despiste precoce e acompanhamento das situações de risco, contribuindo para a redução da mortalidade materno-infantil. Não existem valores oficiais para os indicadores de saúde na Comuna do Gungo, contudo os valores estimados pelo diagnóstico de situação efetuado no local, juntamente com os apelos da população, justificam intervenções urgentes no apoio às políticas e estratégias nacionais e locais de atuação na área da Saúde da Família e a UMIG enquadra-se, assim, nas estratégias de proximidade que o Ministério da Saúde pretende implementar.